1

Brasileiro ainda investe na poupança e deixa o dinheiro parado em casa

Apesar de inúmeras opções de novos investimentos e corretoras, o brasileiro ainda prefere deixar o seu dinheiro na poupança ou até mesmo guardado em casa. As informações são de uma pesquisa encomendada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O resultado foi “antecipado” ao G1.

De acordo com o estudo, 65% dos entrevistados que guardam dinheiro optam pela poupança, “apesar dos rendimentos menores na comparação com outros investimentos”. E 25% prefere deixá-lo em casa, opção que figurou em segundo lugar na pesquisa e é “motivo de alerta entre especialistas por questões de segurança”. Facilidade para sacar, medo e costume foram algumas das principais justificativas. “O levantamento… aponta que o perfil conservador do brasileiro ajuda a explicar esses números”, complementa o artigo.

Deixar dinheiro parado na conta corrente apareceu em terceiro lugar, com 20%. Previdência Privada e Tesouro Direto vieram na sequencia, com apenas 8% casa. Entre as justificativas, apareceram a possibilidade de sacar com facilidade (28%), não ter sobras para outros investimentos (28%), costume (20%) e medo de perder dinheiro (17%).

Outros dados

A pesquisa também perguntou quais seriam os objetivos das pessoas que poupam com regularidade. A maioria (60%) respondeu que poupar significa “uma proteção contra imprevistos como o desemprego ou despesas inesperadas com saúde”. De fato, 40% delas revelaram ter sacado parte do valor guardado, sobretudo para cobrir despesas imprevistas.

Mostrar comentários

No Responses Yet

Leave a Reply