Não que seja uma surpresa, mas o dinheiro é o principal causador de estresse no brasileiro de acordo com a sexta edição da pesquisa anual Global Investor Pulse, autoproclamado “o maior estudo do mundo sobre a relação entre a saúde financeira e o bem-estar”.

Grana (ou falta de) é o principal motivo de estresse para 58% dos mil brasileiros entrevistados, entre 25 e 74 anos de idade. Trabalho aparece em segundo, mas “tecnicamente empatado” (57%). A família vem em terceiro, com 35%.

APOSENTADORIA

A pesquisa revelou ainda que 47% dos brasileiros entrevistados ainda não começaram a poupar para sua aposentadoria, índice que ficou abaixo da média global: 63%. No total, a gestora global de ativos BlackRock ouviu quase 25 mil pessoas em 13 países, ainda no ano passado.

O estudo listou ainda as sensações sentidas pelas pessoas tomaram a decisão de investir no seu futuro: menos estresse (20%), mais felizes/níveis mais altos de bem-estar (13% cada) e mais otimistas em relação ao futuro financeiro (10%).

MILLENNIALS

Chamaram a atenção também alguns dados fornecidos pelos chamados millennials, ou seja, nascidos a partir da década de 1980 até o começo dos anos 2000. Dos brasileiros, “87% acreditam que sua perspectiva financeira melhoraria se eles começassem a investir, mas 57% não sabem onde procurar conselhos”.

E três em cada quatro dos entrevistados nesta faixa de idade acreditam que existem muitas opções de investimentos para escolher – e que eles se sentem “sobrecarregados”. Disseram ainda (57%) acreditar que as instituições financeiras “não se importam com pessoas como” eles.

Caso tenha interesse em baixar a pesquisa, clique aqui