10
13

Sucessão familiar ainda tropeça no Brasil

As famílias brasileiras ainda dão pouca atenção para o tema ”sucessão”. De acordo com artigo publicado recentemente pelo site ES Hoje, 45% delas não tem qualquer planejamento neste sentido. O resultado disso é que 30% das empresas familiares “sobrevivem” à segunda geração, e apenas 15% a terceira. 

Os dados não são muito recentes, fazem parte de uma pesquisa realizada pela PricewaterhouseCoopers (PwC). De acordo com o consultor da Vix Partners, Adriano Salvi, o início da preparação do herdeiro deve ocorrer ainda na infância para que o negócio alcance longevidade no mercado. “Na juventude, essa qualificação tem de ser intensificada. É necessário que o herdeiro e futuro sucessor tenha experiências que testem as suas capacidades e façam com que ele aprimore as suas habilidades como líder”, afirma em entrevista para o artigo. 

O tema motivou a criação de uma programa de desenvolvimento de herdeiros, realizado em janeiro para um grupo de jovens de 21 a 30 anos de idade do Estado do Espírito Santo. Eles participaram do desenvolvimento de projetos sociais, mapeamento do perfil comportamental, identificação de interesses, acompanhamento individualizado e estudos dirigidos.

Mostrar comentários

No Responses Yet

Leave a Reply